Meio Ambiente


Com o objetivo de despertar a consciência ambiental e mostrar a importância do saneamento para a saúde e qualidade de vida, a Sanesul desenvolve trabalho de educação ambiental nas 123 localidades onde atua. Ao todo, as palestras, concurso de desenho, distribuição de materiais educativos, blitz, plantio de mudas, visitas à estações de tratamento de água da Empresa entre outras ações conseguiram alcançar 79.721 sul-mato-grossenses em 2015.

As ações são coordenadas pela Gerência de Meio Ambiente e Ação Social (Gemam) da Sanesul, com a participação de empregados das localidades e de diversas áreas da Empresa.

De acordo com relatório elaborado pela gestora de processo de educação ambiental, Cleide Regina Pinheiro Martins, foi realizado plantio e distribuição de 4.800 mudas de árvores nativas de Mato Grosso do Sul e 16.840 sementes, entre espécies de ipês, aroeira, figueira e eucalipto.

Também foram realizadas 171 palestras ao longo de 2015, ministradas pelos próprios funcionários da Sanesul, destacando a importância da preservação dos recursos naturais e do saneamento, bem como o trabalho da Sanesul para levar água tratada para a população e realizar o esgotamento sanitário.

Com a realização do 1º Concurso de Desenho da Sanesul, que atingiu 13.625 alunos do 6º e 7º anos da Rede Estadual de Ensino das 68 cidades onde a Sanesul atua, os alunos e professores foram unânimes ao afirmar que, a partir do concurso, conseguiram entender melhor o trabalho da Empresa no que se refere ao tratamento de água e de esgotos e a importância deste trabalho para a saúde e melhoria de vida das pessoas.

Além disso, a Sanesul apoiou diversos eventos relacionados à educação ambiental com distribuição de água envasada e também ajudando a coletar lixo das margens dos rios do Estado.

Ao todo, foram distribuídos para a população mais de 45 mil folders, sacos de lixo para carros, canetas, cartilhas infantis e joguinhos educativos para ajudar nas campanhas de conscientização realizadas em 2015, entre elas Dia Mundial da água, Dia da Árvore e Dia Mundial do Meio ambiente.

Dengue

O trabalho de combate ao mosquito Aedes aegypt realizado pela equipe de educação ambiental da Sanesul, é constante.

Apenas em 2015, foram ministradas mais de 75 palestras, blitz educativas e distribuídos mais de 30 mil folhetos explicativos orientando a população sobre como evitar a proliferação do mosquito.

Além disso, a partir de fevereiro de 2016, a Sanesul confeccionou  mais de 500 mil cartilhas com  dicas sobre como combater o mosquito e informações sobre as doenças transmitidas através de sua picada. Anexadas às contas de água e esgoto, as cartilhas estão sendo entregues em todas as casas e unidades atendidas pela Sanesul.

Os trabalhos de educação ambiental realizados pela Sanesul são contínuos e visam atingir cada vez mais pessoas, de forma a fomentar o debate de temas relacionados às questões ambientais e de saneamento básico, e multiplicar as ações de preservação dos recursos naturais, conscientizando e mobilizando as pessoas a agir em prol das próximas gerações.

 

 

Política Ambiental

A Gerência de Meio Ambiente e Ação Social (GEMAM) da Sanesul foi criada em Setembro de 2007. O objetivo principal da GEMAM é o atendimento dos preceitos legais, além da articulação com as políticas ambientais de desenvolvimento do Estado, buscando a preservação ambiental, redução dos passivos ambientais e a educação ambiental e sanitária.

Diretrizes da política ambiental da Sanesul

1.            Desenvolver suas atividades atendendo à legislação e às normas ambientais relativas à preservação do meio ambiente.

2.            Ampliar a participação institucional nos órgãos colegiados federais, estaduais e municipais, detentores de responsabilidades da gestão ambiental, melhorando a representatividade da Sanesul;

3.            Promover e manter, de forma constante, o Programa de Educação Ambiental e Responsabilidade Social.

4.            Aperfeiçoar continuamente os processos de elaboração de projetos e operação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário de forma a garantir a conservação ambiental.

5.            Promover campanhas internas e externas de conscientização, por meio de seminários, reuniões e trabalhos de parceria, elevando o engajamento nas questões de sustentabilidade ambiental dos negócios da Sanesul.

6.            Promover um programa de ações ambiental para proteção e/ou recuperação dos mananciais superficiais utilizados para abastecimento público a fim de garantir a qualidade da água e quantidade a gerações futuras.

7.            Promover administração, proteção e conservação da exploração dos mananciais subterrâneos de forma a garantir uso sustentável.