Publicado em 05/03/2018 17:17:58    

Sanesul moderniza sistema de arquivar documentos

Arquivo Central da Sanesul possui 181 metros quadrados e tem capacidade de armazenar 10 mil caixas.

Funcionária registra caixa-arquivo no sistema

Os documentos da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul - Sanesul – agora são armazenados no Arquivo Central. Esse novo espaço fica na sede administrativa da empresa, em Campo Grande. Possui 181 metros quadrados com capacidade de 200 prateleiras que, juntas, podem guardar 10 mil caixas de arquivos.

De acordo com a Gerência de Suprimento e Apoio Administrativo (Gesad), a construção do Arquivo Central foi feita com recursos próprios da Sanesul e inaugurada oficialmente em setembro de 2017 pelo governador Reinaldo Azambuja e pela diretoria da Empresa.

Todos os arquivos possuem uma etiqueta especial e são controlados por um sistema computadorizado desenvolvido pela Gerência de Tecnologia da Informação (Geti).

Etiquetas possuem código que é registrado no sistema

Antes de qualquer documento ser armazenado ou retirado para empréstimo, eles são verificados e as informações de entrada e saída, bem como o conteúdo das caixas-arquivo ficam registradas e disponíveis na Intranet da Sanesul, o que possibilita acompanhar a sua movimentação.
 
O gerente de Suprimento e Apoio Administrativo (Gesad), Jairo Luiz Martins Vasques, explica que cada gerência da Sanesul tem uma quantidade de prateleiras e caixas disponíveis conforme a demanda. “É uma forma de reorganizar os documentos que ficam aqui de forma prática e eficiente”, ressalta o gerente.

O diretor de Administração e Finanças, André Soukef, destaca que o Arquivo Central é uma forma moderna de guardar documentos e cumpre a legislação, bem como regras do Governo do Estado, obedecendo a critérios de armazenamento e prazos de temporalidade de cada documento.


Diretor (esq) com funcionários conferem documento da Sanesul de 1970.


Arquivo Central da Sanesul



ACOM/SANESUL