ATENDIMENTO 24H: 0800 67 6010 / SAC: SAC0800@SANESUL.MS.GOV.BR

Angélica: Nova Estação de Tratamento de Esgoto terá capacidade de tratar 14,5 litros por segundo

Sanesul também está executando obra de ampliação do sistema de abastecimento de água da cidade
Escrito por ACOM/SANESUL
06/01/2020 13:51:21    


bra de construção da Estação de Tratamento de Esgoto da Sanesul em Angélica

A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) está construindo uma nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no município de Angélica. Essa grande obra fica na estrada MS141, saída para o Rio Ivinhema.

A Estação de Tratamento terá capacidade de tratar 14,5 litros por segundo. Além da obra de construção da nova Estação de Tratamento de Esgoto, também estão sendo implantados mais 17,7km de rede coletora de esgoto e 1.368 novas ligações domiciliares.

“É uma conquista que beneficia inúmeras famílias do município”, ressalta o gerente regional da Sanesul, Jair Ribeiro de Oliveira.

Jair Ribeiro explica que o município de Angélica já possui uma ETE e que a mesma será desativada posteriormente.

“Devido ao desenvolvimento do município, a Sanesul está construindo uma Estação de Tratamento maior para atender não somente a demanda atual como também a futura”, disse ele.

Mais obras

O município de Angélica está recebendo também obras de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA).

Atual Estação de Tratamento de Esgoto fica próxima ao Bairro Mutum

Atualmente, um novo reservatório com capacidade de 500 mil litros de água está sendo implantado no pátio do escritório da Sanesul, na Avenida Stefan Dudas, na entrada da cidade.

De acordo com a gerência regional da Sanesul, esse novo reservatório já está praticamente concluído. “Agora falta apenas alguns trabalhos complementares e fazer a urbanização do local”, falou Jair.

Para o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior, as obras de saneamento que estão sendo executadas refletem a capacidade de gestão da estatal.

“A Sanesul já universalizou o serviço de distribuição de água tratada em todos os municípios por ela operados e agora trabalha para universalizar também a cobertura de esgoto. Não tenho dúvida que estamos no caminho certo”, disse Walter.

Na atual gestão do Governo do Estado, considerando investimentos concluídos, em execução e a executar, a Sanesul está investindo em Angélica R$8,8 milhões. Esse valor é proveniente de recurso federal e próprio da estatal.